terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Estou a ouvir.
Escuto com a maior atenção.
Protego-me na minha cápsula. Cápsula esta fornecida pelos materiais espirituais entregues naquele magnifico dia.
Tudo é bom! Tudo é óptimo! Se me algo me afecta, é porque não estou a viver da forma mais correcta. Eu sou poderosa e bela e nada faz mudar a minha essência.
A inveja, o egoísmo e o mal-falar são atitudes que coloco de parte. Quero viver no AMOR.
Tudo o que tenho para dar não passam de boas acções, às quais quero preservar até aos últimos dias em que verei o Sol e a Lua!
Agora, importo eu!
O desejo de saber quem sou aumenta gradualmente. 
Desconheço-me e por isso não me julguem. 
Afastem-se. 
Deixem que me conheça.  Quero entender melhor tudo o que me rodeia. tudo ou quase tudo é estranho. 
Gostava de saber interpretar cada momento, saber para que serviu e o que contribuiu para o avançar da minha vida.
Se começar a questionar tudo o que me rodeia seria a pessoa mais curiosa e interessada do universo!

Obrigada anjinhos, por me acompanharem neste momento de escrita estranha mas linda para mim!!!!!!!

2 comentários:

raquel barbosa disse...

gostei tanto :o

Rita, a dogmática disse...

Tati, não acredito que estás de volta! Welcome :)
Como vai tudo a correr? Gostei muito da abstracção que escreveste. O nosso mundo é mesmo o lugar onde nos sentimos melhor, mesmo que nos tenhamos que isolar do resto.

Beijinhos